São José jogará partidas da punição em Guaratinguetá

O São José conseguiu o estádio de Guaratinguetá para os dois primeiros jogos em casa pelo Campeonato Paulista da Segunda (4ª) Divisão. Punido com a perda de dois mandos de campo, por causa de confusão provocada por torcedores em uma partida da Série A-3 do ano passado, o clube precisava indicar uma opção antes de ter o local imposto pela Federação Paulista de Futebol. Nesta semana, o time visita o sub-23 do São Paulo.

No primeiro semestre do ano passado, durante uma campanha tensa que resultou em um inédito rebaixamento do time à quarta divisão, integrantes da torcida organizada Mancha Azul foram identificados pelo policiamento que interveio em um briga também envolvendo torcedores do visitantes Flamengo de Guarulhos.

Como o caso foi a julgamento somente um dia depois da última partida do São José na Série A-3, a punição ficou pendente para a competição seguinte. E como o não quis participar da Copa Paulista, no segundo semestre, chegou a hora de pagar a conta.

O principal portão de entrada do Dario Rodrigues Leite (Foto: Sempre Guará)

Em contato com os responsáveis por estádios de cidades mais próximas, o São José chegou a fechar com a Secretaria de Esporte de Mogi das Cruzes, do municipal Francisco Ribeiro Nogueira. No domingo anterior ao primeiro jogo da pena, no dia 9 de abril, o time joseense já teria a oportunidade de um contato com o local, visitando o União de Mogi das Cruzes pela rodada de abertura do campeonato.

Ao informar à Federação Paulista de Futebol o acerto com Mogi das Cruzes, o São José ficou sabendo que a punição exigia um outro local,  a mais de 70 quilômetros de distância. Consequentemente, retomou contatos com Guaratinguetá e São Bernardo do Campo.

“Felizmente, tudo ficou acertado para os jogos acontecerem em Guaratinguetá. Agradecemos pela ajuda em um momento em que dependíamos do apoio de um dos nossos vizinhos”, disse Vanderlei Graça, vice-presidente do São José, acrescentando que os detalhes da utilização do estádio Dario Rodrigues Leite ainda serão definidos.

A tabela

Na rodada de abertura do Grupo 4 não haverá jogo em Guaratinguetá. No dia 8 de abril, um sábado, o Guaratinguetá receberia o Atlético Mogi das Cruzes, mas como desistiu do campeonato, também não utilizará o local na terceira rodada, dia 22 de abril, quando enfrentaria justamente o São José. O Manthiqueira de Guaratinguetá, no dia 8 de abril,  também estreará fora, contra o Mauaense.

Pela segunda rodada, o São José irá a Guaratinguetá no dia 15, um sábado, onde o visitante da tabela será o Jabaquara de Santos. No domingo, dia 16, a tabela já programava o primeiro jogo em casa do Manthiqueira, às 10h, contra o União de Mogi das Cruzes.

Na terceira rodada, assim como na primeira, não haverá jogo em Guaratinguetá. O São José sairia contra o desistente Guaratinguetá e o Manthiqueira, no dia 23, um domingo, às 10h, visitará o Atlético Mogi das Cruzes.

Pela quarta rodada, o sábado (29) será novamente do São José, recebendo o Grêmio Mauaense. No domingo, às 10h, o Manthiqueira terá a visita do Jabaquara.

Como será visitante na quinta rodada, enfrentando o Atlético Mogi das Cruzes no dia 7 de maio, um domingo, a primeira partida do São José no estádio Martins Pereira virá no dia 13 (sábado),  pela sexta rodada, recebendo o Real Cubatense, de Santos-Cubatão.

Jogo-treino

Nesta quarta-feira, às 10h, o São José visitará o time sub-23 do São Paulo. O jogo-treino será no CT de Cotia. O amistoso de apresentação do time à torcida, contra uma equipe mista do Santos, segue agendado para o dia 1º de abril, no Martins Pereira.

Comments

comments