Taubaté sofre goleada na despedida

No último jogo pelo atual Campeonato Paulista da Série A-2, o Taubaté foi cumprir tabela em Diadema e acabou goleado por 4 a 1, com todos os gols no primeiro tempo. Na tarde deste domingo, 6,207 torcedores pagantes foram prestigiar a já classificada equipe local. A taubateana voltará a campo em julho, na Copa Paulista.

Com um ataque que incomodava a defesa do Água Santa, mas expondo uma defesa vulnerável, o Taubaté teve os planos comprometidos ainda no primeiro tempo. O time da casa, apoiado por uma torcida numerosa e preparada para comemorar a classificação, também queria festejar a primeira posição na classificação geral.

Para complicar ainda mais a situação do Taubaté, o primeiro gol surgiu de uma rigorosa decisão do árbitro Vinícius Furlan. Aos 7 minutos, ele considerou pênalti uma dividida aparentemente normal entre o goleiro Maurício e o atacante Raphael Toledo. Na cobrança, o mesmo Raphael Toledo acertou o canto direito, além do alcance do goleiro.

O Taubaté teve duas chances para empatar, mas não conseguiu a finalização ideal. No Água Santa, o meia-atacante Everton Sena fez boa jogada na área e deu o gol para o experiente William Batoré finalizar, aos 16 minutos, ampliando para 2 a 0.

Acomodado, o Água Santa levou um susto quando o Taubaté diminuiu a desvantagem para 2 a 1. Aos 23 minutos, Cassinho cobrou um escanteio fechado e o zagueiro Nildo, livre de marcação, cabeceou para dentro.

Instigado pelo gol sofrido, o Água Santa voltou a pressionar e Raphael Toledo descolou mais um pênalti, aos 34, quando foi calçado na área pelo volante Alex Silva. Novamente na cobrança, o canhoto Raphael Toledo trocou o canto e mandou no esquerdo. O goleiro Maurício voltou a cair para o lado certo, mas não alcançou.

No embalo, o Água Santa armou o goleada com o quarto gol. Aos 44. Everton Sena invadiu a área, driblou dois taubateanos e mandou um chute perfeito, no canto direito.

Na segunda etapa, o Água Santa ficou muito mais interessado no resultado de um outro jogo, Uma derrota do líder São Caetano, em casa, para o eliminado Penapolense, valeria a primeira colocação na classificação geral. No final, a festa foi completa, pois o São Caetano perdeu por 3 a 2.

No mata-mata das semifinais, o Água Santa disputará uma das duas vagas de acesso ao Paulistão 2018 contra o Bragantino, que terminou na quarta colocação. O São Caetano, segundo colocado, enfrentará o Rio Claro.

Os times

Os times

O Taubaté, do técnico Paulinho MacLaren, atuou com: Maurício; Gabriel, Nildo, Júnior Campos e Luís Felipe; Alex Silva (Rychely 36´/1º), Alan Mota, Rafael Rosa (Vitor Rossini 43´/1º) e Cassinho (Ismael 30´/2º); Caíque e Everton.

O Água Santa, do técnico Jorginho: Richard; Ivan, Leandro Silva, Luizão e Julinho (Genilson 12´/2º); Rodrigo Sam (Serginho 19´/1º), Johnnttan, Diogo Campos e Raphael Toledo; Everton Sena e William Batoré (Gabriel Duarte 27´/2º)

No estádio Distrital Inamar, o árbitro foi Vinícius Furlan, com os assistentes Mauro Andrés de Freitas e Fabrício Porfírio de Moura. O quarto árbitro: Rodrigo Santos.

Feminino vence

Na terceira rodada do Campeonato Paulista de Futebol Feminino, o Taubaté comemorou a segunda vitória. Visitando o Juventus na tarde deste domingo, ganhou por 1 a 0. No estádio da Rua Javari, o gol foi marcado pela atacante Rafinha, cobrando pênalti, aos 26 minutos do primeiro tempo. No próximo domingo, às 15h, as taubateanas receberão o São José no estádio Joaquim de Morais Filho.

Comments

comments