Paratleta de Taubaté é recordista mundial

O taubateano André Rocha, integrante da equipe de paratletismo do Programa Esporte Para Todos, voltou a fazer história e bateu novamente o Recorde Mundial do Arremesso de Peso. Competindo no último sábado, 22/04, no Open Loterias Caixa de Paratletismo, realizado no Centro de Treinamento Paralímpico de São Paulo, ele cravou 10,57m em sua melhor tentativa, e tornou-se o novo Recordista Mundial, agora da classe F52.

André esteve afastado de treinos e competições por praticamente 7 meses, por conta de uma cirurgia na coluna cervical. Esta foi apenas sua segunda competição nem 2017, e a primeira em que ele competiu na sua nova classe, a F52, que engloba atletas que competem usando cadeiras especiais, e possuem sequelas de poliomielite, lesões medulares ou amputações.

Justamente por conta da necessidade da cirurgia, André teve de passar por uma nova avaliação junto ao Comitê Paralímpico Brasileiro, para determinar se suas atuais condições físicas representariam sua permanência na classe F54, onde sagrou-se medalha de Prata nos Jogos Parapan-Americanos de Toronto 2015 e Recordista Mundial em 2016, na Alemanha.

Depois de ser reavaliado no último dia 21 de abril, ele foi reclassificado para a classe F52, na qual vai competir por pelo menos um ano. “O André entra num período em que chamamos de ‘review’, onde ele compete nessa classe, mas no futuro ele será reavaliado e poderá novamente mudar de classe”, afirmou o técnico Guto Nascimento, da equipe de Paratletismo do Programa Esporte Para Todos.

“De qualquer forma, o resultado do Ouro e do Recorde Mundial foi muito importante para dar uma injeção de ânimo e confiança no André. O processo de recuperação e reabilitação pós-cirurgia é lento e requer muito esforço. Esse resultado, com certeza, é um presente pela dedicação dele em toda essa trajetória”, disse Guto.

A prova

A prova

No último fim de semana, em São Paulo, André conquistou o ouro no Open de Paratletismo, que faz parte do circuito mundial dos Grand Prix de Paratletismo. Em sua primeira tentativa, arremessou 8,76m. Na segunda, 9,75m. Na terceira, 9,54.

Na segunda parte da prova, abriu com o arremesso campeão, cravando os 10,57m. Depois, teve mais duas chances, onde fez 8,80m e 9,19m. O novo Recorde Mundial do Arremesso de Peso F52 é 34cm melhor que a antiga marca, que desde 2013 pertencia a Aigar Apinis, da Letônia.

No histórico de conquistas, André Rocha é um dos principais nomes do Arremesso de Peso Paralímpico do Brasil, e já alcançou também títulos internacionais de grande peso na modalidade. Em 2015, representou o Brasil nos Jogos Parapan-Americanos de Toronto, no Canadá, onde conquistou a medalha de Prata no Arremesso de Peso.

Em 2016, passou uma temporada de 3 meses na Alemanha, onde conquistou o bicampeonato do Grand Prix de Paratletismo de Berlim, e ainda cravou o Recorde Mundial da classe F54, com 10,42m.

Próximos compromissos: André Rocha agora foca nos treinos nas próximas semanas. Sua próxima competição será nos dias 2, 3 e 4 de junho, na fase nacional do Circuito Loterias Caixa, que será realizado na pista do Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo.

Ainda no mês de junho, o paratleta embarca para a Alemanha, onde disputará o Grand Prix de Berlim, nos dias 16, 17 e 18. Nesta competição, André conquistou o Ouro no Arremesso de Peso em 2015 e 2016, competindo na classe F54. Para este ano, o taubateano promete brigar novamente pelo título, desta vez entre os F52.

Comments

comments