Home / Destaque / Taubaté Vôlei tem novidades após o vice
Cezar Douglas orienta os jogadores do Taubaté durante a final da Superliga (Foto: Divulgação/Inovafoto/CBV)

Taubaté Vôlei tem novidades após o vice

A temporada do Taubaté Vôlei, vice-campeão da Superliga, será fechada em um almoço de confraternização nesta terça-feira. Alguns jogadores seguirão para a Seleção Brasileira, convocados na lista da Liga Mundial. E deverá ser a despedida do técnico Cezar Douglas, porque o argentino Diego Castellani foi procurado e já está saindo da Bélgica.

As reformulações em um final de temporada são inevitáveis nos times de ponta. Alguns jogadores alcançam valorização e recebem vantajosas propostas de transferência. E alguns técnicos, bem sucedidos ou não, fecham o ciclo, ou buscam nos ares.

No domingo, em Belo Horizonte, o Taubaté tentou desbancar o Cruzeiro na decisão da Superliga, mas não conseguiu. O poderoso time de Minas Gerais, que inclusive tem investimentos financeiros acima dos demais, segue soberano.

Pela primeira vez na final, depois de ter sido semifinalista nos dois anos anteriores, o Taubaté fechou a temporada com um saldo bem positivo. Um dos reflexos surgiu na manhã desta segunda-feira, quando seis jogadores foram convocados pelo novo técnico da Seleção Brasileira, Renan Sal Zotto.

O levantador Raphael, o oposto Wallace, os ponteiros Lucarelli e Lucas Lóh e os centrais Éder e Otávio estão entre os 18 chamados para a Liga Mundial, entre os dias 2 de junho e 8 de julho. No caso, da formação titular taubateana da maioria dos jogos da Superliga, somente o líbero Mário Júnior ficou fora.

Os jogadores convocados e os demais do elenco ainda terão uma conversa com o responsável pelo vôlei do Taubaté, o supervisor Ricardo Navajas. Os que estiveram com o contrato vencendo, terão que negociar a renovação, se continuarem nos planos.

Algumas mudanças no elenco devem ocorrer, porque o técnico para a temporada 2017/2018 será outro. Depois de dirigir a equipe nas últimas três, Cezar Douglas e Ricardo Navajas já teriam chegado a um consenso quanto ao fim do ciclo do treinador.

O novo comandante

O novo comandante

Confirmando boatos que ficaram no ar quando o Taubaté precisava se concentrar na reta decisiva da Superliga, o técnico argentino Daniel Castellani está chegando.

Na Bélgica, o Noliko Maaseik já postou, em seu site, que o time ficará sem o técnico. E destacou que Catellani caminha para o Taubaté. E como Cezar Douglas ainda não se despediu dos taubateanos, Ricardo Navajas vem dizendo que o argentino chegou a ser sondado, mas também estuda propostas de outros clubes.

O provável novo técnico do Taubaté projetou-se como jogador da seleção argentina na conquista da medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Seul, em 1988. Ainda como jogador, passou pelo Brasil defendendo o Minas Tênis Clube.

Aos 56 anos, Castellani é um técnico que registrou duas participações importantes. Na primeira, dirigiu a Argentina nos Jogos Olímpicos de Atlanta, em 1996 e na segunda, conseguiu o primeiro título do Campeonato Europeu para a Polônia, em 2009.

Comments

comments

Confira Também!

Yoka perde fora e Taubaté joga em casa

A semana do futsal da região começou com uma derrota na noite de sexta-feira. Pela …