Home / Destaque / São José Feminino empata com o líder
Francielle testa escapar de uma jogadora do Rio Preto (Foto: Leandro Martins/Allsports)

São José Feminino empata com o líder

O São José ficou sem a vitória que valeria vaga na zona de classificação do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino da Série A-1, mas o ponto somado em um empate em casa com o líder Rio Preto, por 1 a 1, nesta quinta-feira à tarde, acabou valorizado pelo poderio do adversário e os resultados dos concorrentes.

Na quarta-feira, também pela 11ª das 14 rodadas do Grupo 2, a Ferroviária de Araraquara perdeu em casa para a Ponte Preta, por 1 a 0, permanecendo com 14 pontos. O São José, tendo 13, ficou com a chance de tomar a quarta posição do concorrente, a última da zona de classificação. Era vencer e passar a 16 pontos.

Empatando com o Rio Preto, o São José alcançou a Ferroviária no número de pontos e agora a desvantagem está apenas no saldo de gols e pela diferença mínima de um. No mesmo horário, o empate joseense favorecia o Foz Cataratas, logo atrás, com 12 pontos. No entanto, em uma visita ao lanterna Vitória da Bahia, o time paranaense empatou por 2 a 2 e, com 13 pontos, permaneceu na sexta posição.

Na próxima rodada, que será a antepenúltima, o São José terá um confronto direto com Foz Cataratas, em Foz do Iguaçu, na quinta-feira da semana vem, às 19h. Antes, na quarta-feira, a Ferroviária visitará o Flamengo, às 15h, enfrentando um adversário que está na terceira posição e com 18 pontos.

O Rio Preto precisava vencer o São José para manter a condição de líder isolado. Empatando, foi alcançado pelo Santos, ambos com 28 pontos. A vantagem rio-pretense passou a ser de três gols no confronto de saldos.

O jogo

No Martins Pereira, o São José não conseguiu equilibrar as ações contra o líder. O Rio Preto passou quase que o tempo inteiro no campo de ataque e apertando um time da casa que mal conseguia coordenar as ações para armar contragolpes.

A situação do São José ficou ainda mais complicada porque duas jogadoras da defesa saíram contundidas e o técnico ficou limitado a uma substituição apenas para tentar mudar o andamento da partida.

Resistente, o São José foi levar o primeiro gol do jogo somente aos 37 minutos do segundo tempo. Em um escanteio da esquerda, a zagueira Flávia Gil tentou cortar e acabou marcando contra.

Usando a sua última substituição, o técnico Márcio Oliveira trocou a volante Bruna Santos pela atacante Luize Nery. E após um levantamento na área, Chú disputou pelo alto e a sobra caiu na meia direita, de onde a atacante Franciele mandou um chute forte, por baixo e que entrou no canto direito.

Como o Rio Preto também queria a vitória para manter uma vantagem de dois pontos sobre o vice-líder Santos, o tempo restante, com quatro minutos de acréscimos, ficou acirrado, mas sem nova mudança no placar.

Os times

Os times

O São José, do técnico Márcio Oliveira, atuou com: Thais Helena; Natália Oliveira (Isa Leone 37´/1º), Flávia Gil, Mariana (Miriam 17´/2º) e Nathy Rodrigues; Bruna Santos (Luize Nery 39´/2º), Sâmia e Rita Bove; Michele Carioca, Chú e Franciele.

O Rio Preto, do técnico Chicão Reguera: Letícia Bussatto; Gabi Lira (Adriana 32´/2º), Di, Siméia e Mariana; Suzana, Jéssica e Gabi; Darlene, Millene (Mônica 27´/2º) e Maiara (Letícia 20´/2º).

O árbitro foi Thiago Luiz Scarascati, com os assistentes Patrick André Bardauil e Leandro Matos Feitosa. O quarto árbitro: Douglas Marques das Flores.

Comments

comments

Confira Também!

Taubaté Handebol busca o penta do Pan

O Handebol Taubaté viajou nesta terça-feira para a Argentina, onde será a grande atração da …