Taubaté renova com o capitão do time

O Taubaté anunciou um novo contrato com o volante Alan Mota e trabalha para manter alguns outros jogadores que disputaram o campeonato da Série A-2. A intenção é conservar uma base para a Copa Paulista.

“Me motivou ter mais uma oportunidade de vestir as cores do Taubaté, que é um clube que gosto demais. Jogar uma Copa Paulista, que dá vaga numa competição nacional, seria muito importante pro clube”, disse Alan Mota.

Titular do time que alcançou a fase decisiva da Série A-2 do ano passado, perdendo um mata-mata das quartas de final contra o Barretos, Alan Mota impressionou pelo bom futebol. Formando uma eficiente dupla de volantes com Rai Diego, atuou em todas as partidas do time.

Procurado para mais um tentativa de acesso à Série A-1, Alan Mota voltou e como capitão do time. Na A-2 deste ano formou dupla de volantes com Alex Silva. Rai Diego quase nem foi utilizado e Vitor Rossini chegou com a competição em andamento.

Agora, com o Taubaté inscrito para a Copa Paulista, resolveu continuar no clube.

“Gostei do projeto do Taubaté, em fazer uma Copa Paulista forte, manter uma base e largar na frente pra Série A-2 do ano que vem. Eu agradeço a oportunidade de ter, mais uma vez, a chance de representar o Taubaté. E só vou me dar por satisfeito quando o time estiver na A-1”, declarou.

Novamente com a camisa 7 reservada, Alan Mota também destacou a satisfação por continuar em Taubaté: “Me sinto em casa em Taubaté. A torcida, que empurra o time, cobra bastante e incentiva na mesma proporção. Eles fazem diferença a favor do Taubaté. A gente sabe que o torcedor e a cidade vão apoiar bastante pra gente buscar esse título”, completou.

10 anos de carreira

10 anos de carreira

Alan Mora surgiu no Taboão da Serra, em 2007. No ano seguinte atuou pelo Marília e em 2009 foi para o Bragantino, no qual ficou até o final de 2010.

Levado pelo Ituano, em 2011, saiu para o Grêmio Barueri em 2012. Na temporada seguinte, passou pelo América Mineiro e o Botafogo de Ribeirão Preto.

Em 2014, defendeu o Capivariano e ainda foi para Portugal, levado pelo Beira-Mar. E durante a temporada de 2015 voltou no Nacional de São Paulo, indo na sequência para o Penapolense.

Em 2016, chegou pela primeira vez ao Taubaté e após o Paulista da Série A-2, foi atuar pelo Mogi Mirim. Retornou a Taubaté para o campeonato deste ano e agora fica para a Copa Paulista.

Comments

comments