Rugby da região joga para ir às finais

O sábado pode ser mais um dia histórico para o rugby da região. São José e Jacareí participam da rodada semifinal do Paulista Adulto Masculino e com boas chances contra os respectivos adversários de São Paulo. Os jacareienses jogam em casa, com o apoio de uma grande torcida.

Acompanhando e divulgado a competição desde a primeira rodada, o Departamento de Comunicação da Federação Paulista de Rugby enviou o seguinte material.

As melhores equipes do estado entram em campo nesse sábado por um lugar na fase final do Paulista de Rugby, com dois jogos que prometem emoção até o final.

A edição desse ano foi a mais equilibrada dos últimos anos, com apenas sete pontos separando o líder do quinto colocado, e as vagas definidas somente ao apito final da última partida da rodada.

Poli e Jacareí, equipes que chegaram à elite nacional nesse ano, mostraram que seguem em alta e garantiram as melhores campanhas da primeira fase, lutando pela final em casa.

A Poli receberá o atual campeão São José repetindo o duelo da segunda rodada do Paulista, vencido pela Poli que começava a mostrar suas garras na competição. Desde então, a Poli reinou absoluta, enquanto os joseenses tiveram uma campanha mais atribulada, e não vencem há dois jogos.

Do lado da equipe paulistana, nomes muito experientes e com passagens pela seleção como o sul-africano Beukes Cremer e Rafael Carnivalle escondem a real força do elenco, um grupo sólido com anos de entrosamento, muitos deles jogando lado a lado desde a época de faculdade. Se a grande força da Poli segue sendo no scrum, a linha melhorou muito e hoje joga de igual para igual com todas as outras equipes da divisão.

Já o São José se viu desfalcado de seus maiores jogadores devido compromissos com a seleção, sendo os irmãos Duque e os Sancery grandes referências tanto com a amarelinha quanto com a camisa da Fênix, o que levou o clube a apostar em uma grande renovação que vem subindo de nível a cada rodada. Acostumados a ganhar títulos em todas as categorias, sonhar com o título é um objetivo mais real para essa geração, que costuma crescer em momentos decisivos.

O confronto Vale X Capital também acontece na outra semifinal. O Jacareí recebe o SPAC, único clube a vencer os Jacarés e em pleno Campo do Balneário, palco da semifinal desse fim de semana. Na competição, o momento é ótimo para as duas equipes. O SPAC encerrou a fase de classificação com um incrível 95 a 0 sobre o São Carlos, maior placar do ano do Rugby paulista, enquanto o Jacareí quebrou a invencibilidade da Poli, melhor equipe do estadual.

A receita seguida pelos Jacarés é a mesma que fez sucesso em São José, uma irmã mais velha da região. Apostando desde o início nas categorias de base, a geração atual cresceu jogando junto e amadureceu muito nos últimos anos, liderada por Matheus Daniel, um dos maiores nomes do Rugby brasileiro. A equipe alia muita técnica no jogo aberto e muita intensidade durante toda partida, e requer muito preparo para acompanhar.

Esse não é um problema para SPAC, mais tradicional clube do país e que também conta com nomes da seleção brasileira e ex-atletas olímpicos, como Felipe Claro e André Luiz “Boy”. A equipe possui um sólido padrão de jogo, simples e efetivo, resultando no melhor ataque da competição até aqui e a chance de quebrar o tabu de levantar o estadual que não vem desde 1999 é real.

A rodada

A rodada

Campeonato Paulista A – Semifinal

Poli x São José

Dia 03/06/2017 às 15h
Árbitro: Mariano de Goycochea
Auxiliares de linha: Victor Hugo Barboza e Guillaume Riberá
4o árbitro:Vanessa Xavier
Local: CEPEUSP – São Paulo, SP

Jacareí x SPAC

Dia 03/06/2017 às 15h
Árbitro:Renato Scalércio
Auxiliares de linha:Rafael Nichioka e Guilherme Zaparoli
4o árbitro: Augusto Cambuzano
Local: Campo do Balneário – Jacareí, SP

Comments

comments