Futebol feminino tem domingo ruim

O domingo foi de resultados amargos para o futebol feminino da região. No Martins Pereira, o São José perdeu a disputa do título do Paulista Sub-17 para o São Paulo. No Paulistão, o time voltou a sofrer uma nova derrota para o Santos e o Taubaté levou uma virada da Portuguesa e ficou antecipadamente eliminado.

No mata-mata das finais do Paulista Sub-17, o São José precisava vencer o São Paulo por dois gols de diferença. Dessa forma, igualaria o confronto por ter perdido em São Paulo por 2 a o no jogo de ida e ficaria com o título fazendo valer a melhor campanha.

Valorizando a vantagem que possuía, o São Paulo ofereceu poucas oportunidades para o São José nos dois tempos de 35 minutos. Somente aos 31 da etapa final, a zagueira Vitória Pelê abriu o placar, aproveitando uma sobra na área e mandando uma cabeçada por cobertura;

O time joseense ainda teve mais quatro minutos de acréscimos para encontrar o gol do título, mas não conseguiu desestabilizar a marcação são-paulina. O Tricolor perdeu a invencibilidade no campeonato com a derrota por 1 a o, mas fez a festa mais importante.

Dirigido pelo técnico Odilon Marques da Silva, o São José atuou com Pietra; Teka, Pôly, Vitória Pelê e Ana Laura; Rafa Soares, Kety (Bia – Intervalo), Duda e Lelê; Lívia (Maria Vitória 32´/2º) e Laura.

No adulto

Na antepenúltima das 14 rodadas da primeira fase do Paulista, São José e Taubaté também jogaram na tarde deste domingo e sofreram derrota fora de casa. As joseenses perderam para o Santos, no CT Rei Pelé, por 2 a 0 e as taubateanas levaram uma virada da Portuguesa, por 2 a 1.

No quinto jogo do semestre contra as santistas, o São José passou a ter cinco derrotas. O adversário, mesmo poupando algumas titulares por conta do simultâneo Campeonato Brasileiro, abriu o placar no primeiro tempo, aos 30 minutos, em um pênalti cobrado por Chaiane. Depois, na etapa final, a artilheira argentina Sole James fechou a contagem, aos 36.

Com o resultado, o já classificado São José manteve a terceira posição do grupo, mas na pontuação foi alcançado pela Portuguesa, ambos com 20 pontos. A apertada vantagem joseense está no saldo de gols, de oito contra sete.

Dirigido pelo técnico Márcio Oliveira, o São José atuou com: Thais Helena; Bruna Santos, Mariana (Pepê 20´/2º), Nathy Rodrigues e Letícia Seabra; Lulu (Vivi de Martino 32´/2º), Sâmia e Rita Bove; Ludmila (Raquel Rabello 37´/2º), Chúe Franciele.

Taubaté

Taubaté

O Taubaté, no Centro de Treinamentos da Portuguesa, abriu o placar no primeiro tempo, aos 41, em um gol contra da zagueira Day. No entanto, na fase final, a Lusa empatou aos 15, com Letícia e virou aos 35, marcando Fernanda.

Com a derrota, o Taubaté ficou matematicamente sem chances de tentar a classificação entre os quatro melhores do grupo e cumprirá tabela nas duas rodadas que restam. Dirigido pelo técnico Arismar Júnior, atuou com; Vanessa; Alaíde Tremembezinha, Hericka, Franciele e Mylena Carioca; Sabrina, Alexia, Ionara (Natália 37´/2º) e Ariane (Milena Tupiniquim 27´/2º); Steffani Torres (Rayane 44´/2º) e Rafinha.

Nas outras duas partidas do grupo, o Corinthians recebeu o Juventus e goleou por 6 a 0. No sábado à noite, o Embu das Artes foi visitar o Centro Olímpico e venceu por 4 a 0, depois de sair do primeiro tempo perdendo por 3 a 0.

Comments

comments