Joseenses atuaram pela Seleção feminina

Com três jogadoras do São José, Ludmila, Chu e Rita Bove, a Seleção Brasileira disputou um amistoso na Europa e perdeu para a Alemanha, por 3 a 1. Foi a primeira derrota sob o comando da ex-treinadora joseense Emily Lima, que teve vários desfalques.

Confira no material divulgado pela assessoria de Imprensa da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

A Seleção Brasileira Feminina disputou amistoso com a Alemanha na tarde de terça-feira (4), no Stadion am Hardtwald, em Sandhausen, na casa das adversárias. O time alemão levou a melhor por 3 a 1 na partida, que serviu como preparação para a Copa América do ano que vem, no Chile.

A Canarinho volta a campo no próximo dia 27, contra o Japão, pela primeira rodada do Torneio das Nações. A partida será disputada no CenturyLink Field, em Seattle, nos Estados Unidos.

As donas da casa pressionaram bastante a Seleção Brasileira no primeiro tempo. Aos 22 minutos, Dallmann fez jogada individual e bateu no canto direito. A goleira Bárbara, aniversariante do dia, fez grande defesa e evitou o gol alemão.

Dois minutos depois, Rosana buscou o toque para trás e a bola acabou saindo fraca. Kayikci recuperou, avançou e bateu para o gol. Bárbara conseguiu desviar, a bola bateu nas duas traves e voltou na mão da goleira do Brasil. A rede balançou na marca dos 30. Dallmann aproveitou o rebote após chute de Huth, que explodiu no travessão, e bateu colocado para abrir o placar.

Na etapa final, a Seleção Brasileira voltou mais ligada e foi para cima da Alemanha em busca do empate. Aos quatro minutos, Peter recuou na fogueira para Schult, Ludmila desarmou a goleira adversária na pressão e tocou para o fundo da rede. O Brasil se animou e cresceu com o gol. Aos 18, Jucinara cruzou da esquerda, Ludmila subiu bem e mandou para fora com uma bela cabeçada.

Justamente no momento em que a Canarinho era melhor, as alemãs conseguiram chegar ao segundo gol. Na marca dos 19 minutos, Kayikci recebeu de Mittag na entrada da pequena área e entrou de carrinho para ampliar. Aos 34, Maier mandou uma bomba para o gol após passe de Dallmann e liquidou a fatura para as locais.

A Seleção atuou com: Bárbara, Letícia, Andréia Rosa, Jucinara e Tamires; Gabi Nunes (Monique), Fran (Rita Bove), Djenifer (Luana) e Rosana (Maria); Ludmila (Kamilla) e Chu (Maurine).

A técnica

A técnica

A Seleção Brasileira Feminina, sem nove jogadoras que vinham atuando como titulares, perdeu para a Alemanha nesta terça-feira (4), na Alemanha. Perder nunca é bom, mas a técnica Emily Lima gostou da postura e da obediência tática de suas jogadoras.

“Viemos para a Alemanha enfrentar a campeã olímpica, segunda colocada no ranking da FIFA, com um grupo novo, e as meninas conseguiram cumprir o que eu e a comissão tínhamos determinado. Claro que precisamos melhorar, mas foi um teste muito importante para as jogadoras que estão chegando à Seleção”, avaliou.

Por não ser data FIFA, algumas jogadoras que vinham sendo titulares não foram liberadas por seus clubes, e a treinadora deu oportunidade a meninas que têm se destacado em suas equipes no Brasil: Rita Bove, Kamilla, Ludmila, Maria, Chu, Monique Peçanha, Jucinara e Maurine. Quatro delas – Rita Bove, Kamilla, Ludmila e Monique Peçanha – fizeram suas estreias na equipe Principal.

“Foi muito bom ver uma equipe nova dentro de campo, que se doou do primeiro minuto até o fim. Foi uma partida muito importante para o futuro da Seleção Brasileira. Aqui temos a média de idade de 23 anos. São meninas que estão começando e já tendo a experiência de enfrentar a Alemanha. Isso é muito importante.

O próximo compromisso da Seleção é o Torneio das Nações, nos Estados Unidos, quando enfrentará as americanas, australianas e japonesas, em julho e agosto.

Na foto (de Fernanda Coimbra/CBF), a joseense Ludmila contra as alemãs.

Comments

comments