Nadador taubateano tem desafio na Itália

O nadador taubateano Marcos Campos está partindo para mais um desafio internacional. No final da semana, ele participará de uma tradicional prova do continente europeu.

Confira no material enviado pela Onboard Sports.

Marcos Campos tem 33 anos e já acumulou quase 10 anos de experiências em maratonas aquáticas no Brasil e no continente americano. Mas, o desafio da temporada 2017 promete ser um marco importante na carreira do nadador. Nesta sexta-feira (14), o brasileiro faz sua primeira ultramaratona aquática na Europa e a estréia será nada mais, nada menos que a Travessia Capri-Nápoles, uma das mais prestigiadas do circuito mundial. Até 1992 essa era a única prova que garantia ao vencedor o título de campeão de águas abertas, tamanho sua dificuldade.

“É uma travessia maravilhosa, conhecida como a mais bela do mundo, mas, claro, exige muita atenção e preparo pois é um mar geralmente frio e com muitas ondas, principalmente mais próximo de Nápoles. Mas, a ideia é curtir o desafio e completar, ter mais essa façanha mundialmente conhecida no currículo e como experiência de vida”, disse o ultramaratonista aquático.

Marcos será o único atleta do país entre os 31 nadadores inscritos. Na última janela disponível para realizar a prova, outros dois brasileiros sentiram na pele o alto grau de dificuldade do desafio. Patrícia Farias e Vitor Gadelha demoraram 11 horas para nadar da Ilha de Capri até o continente. Ainda assim, Marquinhos está bastante otimista com sua participação.

“Fiz uma boa preparação. Desde o início de 2017 foram treinos de segunda à sábado, com duas a três dobras por semana, volume médio de 50km por semana. Fizemos alguns treinos longos específicos no meio do caminho e principalmente uma adaptação para a água gelada, porque eu sofro muito com baixas temperaturas. Estou com expectativas boas e vou para dar o meu melhor para ter um bom resultado, com certeza”, ressalta o primeiro brasileiro campeão da Volta à Ilha de Key West, nos Estados Unidos.

Taubateano

Marcos Campos é natural de Taubaté. Apaixonado pela natação em águas abertas desde 2008, é tricampeão da 14 Bis (24km), a mais tradicional travessia aquática do Brasil. Em 2013, foi Top-10 na maior travessia do planeta, a Hernandárias-Paraná (Argentina, 88K) e encarou algumas provas do Grand Prix de Águas Abertas da FINA, principal circuito de longa distância da modalidade. Atualmente o paulista está em busca de novos desafios e percursos, visando divulgar a maratona aquática e seus benefícios.

Na foto (de Romulo Cruz/Onboard Sports), Marcos Campos em uma prova.

Comments

comments