Taubaté empata com o São Caetano no Joaquinzão

No jogo que abriu a terceira rodada da Copa Paulista, o Taubaté recebeu o São Caetano na noite desta sexta-feira e o placar não saiu do 0 a 0. O time taubateano fez uma boa marcação sobre o credenciado adversário, mas ainda desentrosado, não teve a força ofensiva necessária para completar o serviço.

O ponto somado deixou o Taubaté com cinco e o São Caetano, com empates em seu três jogos, passou de dois para três. Agora, o Burro da Central aguarda os demais resultados da rodada para saber se continuará na liderança.

O técnico taubateano Alexandre Ferreira armou um time com três volantes: Alan Mota, Jean e Cleber. Assim, A estratégia fortaleceu o sistema de marcação que não deixou o São Caetano crescer e controlar as ações.

O time visitante teve uma boa escapada com o atacante Ermínio que acabou chutando mal, para fora, ao ficar de frente com o goleiro Celio Gabriel. Também no primeiro tempo, uma descida pelo meio foi a melhor ação ofensiva taubateana. Na conclusão, Gabriel chutou mal ao arriscar de fora da área.

Em uma partida daquelas que um primeiro gol também acaba sendo o último, os dois times fizeram um segundo tempo travado. Somente nos minutos finais ficaram mais soltos.

O Taubaté teve uma triangulação pela ponta esquerda e com a zaga cortando um cruzamento por baixo. O São Caetano quase chegou quando Ermínio chutou em diagonal, da direita e Elias não alcançou ao fechar livre na pequena área.

Na sequência do seu roteiro, o Taubaté visitará a Portuguesa Santista, terça-feira, às 20h. Depois, no dia 21, sexta-feira, receberá o Água Santa de Diadema, também às 20h.

Os times

Os times

O Taubaté, do técnico Alexandre Ferreira, atuou com: Celio Gabriel; Tinga, Éder, Luiz Matheus e Paulo Henrique (Wellington Carioca 41´/2º); Alan Mota, Jean, Cleber e Léo Aquino (Hugo Barbosa 43´/2º); Chuck e Gabriel (Renan Xavier 29´/2º).

O São Caetano, do técnico Luís Carlos Ferreira: Paes; Alex Reinaldo (Elias 29´/2º), Sandoval, EduardoLuiz e Bruno Recife; Eslei, Ferreira, Daniel Costa (Paulo Vinícius 29´/2º) e Régis; Carlão e Ermínio.

O árbitro foi Cléber Luís Paulino, com os assistentes Risser Jarussi Corrêa e Paulo de Souza Amaral. O quarto árbitro: Hemerson José Nicoli de Campos.

No estádio Joaquim de Morais Filho, 725 torcedores pagantes proporcionaram renda de R$ 8.450,00.

Na foto (Reprodução/TV Federação), o Taubaté vai levantar uma falta na área do São Caetano.

Comments

comments