Taubaté defende invencibilidade em Santos

Invicto depois de três rodadas de Copa Paulista, mas descendo da primeira para a quarta colocação do Grupo 3, o Taubaté tem uma boa chance de recuperar posições.  Nesta terça-feira, às 20h, visitará a Portuguesa Santista que sofreu goleada no jogo mais recente e ainda sente dificuldades para engrenar sua parceria.

Na sexta-feira passada, abrindo a terceira rodada, o Taubaté recebeu o São Caetano e entrou em campo defendendo a liderança do grupo. Com quatro pontos, superava a Portuguesa nos critérios para desempate. O adversário, somando dois pontos, tinha a chance de uma ultrapassagem.

Empatando por 0 a 0, o Taubaté ficou esperando os resultados das demais três partidas da rodada. No sábado, o Nacional de São Paulo recebeu a Portuguesa Santista, goleou por 5 a 0 e também foi a cinco pontos, ficando em vantagem no saldo de gols.

O Água Santa de Diadema também ultrapassou o Taubaté ao totalizar cinco pontos. Em casa, fez 3 a 1 no Santos-B. E com a chance de reassumir a liderança isolada, como na primeira rodada, a Portuguesa aproveitou a ocasião de um novo jogo no Canindé e fez 3 a 0 no visitante Juventus.

A classificação do Grupo 3, que após 14 rodadas de turno e returno qualificará os quatro melhores, ficou assim: 1º) Portuguesa – 7 pontos; 2º) Nacional, Água Santa e Taubaté – 5; 5º) São Caetano – 3; 6º) Juventus – 2 e 7º) Santos-B e Portuguesa Santista – 1.

A quarta rodada começa nesta terça-feira e além do jogo do Taubaté contra a Portuguesa Santista, o São Caetano receberá o Diadema, também às 20h. Na quarta-feira, às 15h, o Santos-B terá a visita da Portuguesa e  o Juventus receberá o Nacional.

Os times

Os times

Como quer deixar cada vez mais entrosamento um Taubaté reformulado para a Copa Paulista, o técnico Alexandre Ferreira provavelmente repetirá a escalação. Contra o São Caetano, o time atuou com: Celio Gabriel; Tinga, Éder, Luiz Matheus e Paulo Henrique (Wellington Carioca); Alan Mota, Jean, Cléber e Léo Aquino (Hugo Barbosa); Chuck e Gabriel (Renan Xavier).

O atacante Billy, que veio do paranaense Toledo após passagens pelo Flamengo de Guarulhos e Barretos, não ficou. Provavelmente, por problemas de documentação, pois ainda não estava inscrito. Sem ele, comissão técnica e diretoria já estariam procurando um outro atacante disponível no mercado.

A Portuguesa Santista, de boa campanha no Paulista da Série A-3, resolveu participar da Copa Paulista experimentando uma parceria com um grupo cogestor. O novo time chegou a empatar em casa com o São Caetano por 1 a 1 na segunda rodada, depois de estrear com derrota para a Portuguesa, por 1 a 0. Todavia, no sábado passado, voltou à São Paulo e levou 5 a 0 do Nacional.

Dirigido pelo técnico Douglas Navas, atuou com: José Guilherme; Gabriel, Francisco, Felipe e Pedro Henrique; Gabriel Henrique (Pedro Simi), Vinícius Machado (Léo Nascimento), Mário Newton e Luís Felipe; Vinícius Araújo e Luca (Lincon).

No estádio Ulrico Mursa, onde o Taubaté esteve na segunda rodada e venceu o Santos-B por 1 a 0, o árbitro será Rodrigo Batista da Silva, com os assistentes Mauro André de Freitas e Luís Felipe Prado Silva. O quarto árbitro: Leônidas Sanches Ferreira.

Na foto (de Pedro Nogueira/Voz do Vale), o Taubaté que começou contra o São Caetano e homenageando o volante Zé Américo, histórico ídolo do clube recentemente falecido.

Melhores momentos

Confira a edição do Bola Paulista

Taubaté 0 x 0 São Caetano

COPA PAULISTA 20171ª Fase – 3ª RODADAEC Taubaté 0 X 0 AD São Caetano #BolaPaulista#BolaPaulistaProduções#InteriorVive#AquiOinteriorVive#CopaPaulista#ECTaubaté#BurroDaCentral#ADSãoCaetano#Azulão#FPF

Posted by Bola Paulista on Saturday, July 15, 2017

Comments

comments