Taubaté perde ao buscar a primeira vitória em casa

No jogo em que buscava a primeira vitória em casa, o Taubaté perdeu a invencibilidade na Copa Paulista. Sem força ofensiva e contra um adversário que foi mais efetivo, amargou uma derrota para o Água Santa de Diadema, por 2 a 0, na noite desta sexta-feira, no Joaquinzão.

Diante de 540 torcedores pagantes, o Burro da Central teve confirmada a previsão de entrar com a mesma escalação das duas partidas anteriores. Sem um atacante de área, o técnico Alexandre Ferreira tentou aumentar a força ofensiva da equipe nas suas duas primeiras substituições. Todavia, logo após a segunda, o adversário ampliou para 2 a 0 e deixou a vitória bem encaminhada.

No primeiro tempo, o Taubaté teve espaços para manter a posse de bola no campo de ataque. No entanto, sem conseguir desestabilizar a defensiva adversária, ainda ficou em situação mais complicada ao  levar um gol de escanteio, aos 39 minutos. O meia Romarinho cobrou da esquerda e o atacante Anderson Bartola cabeceou livre de marcação. O goleiro Celio Gabriel ainda tocou na bola, mas não conseguiu a defesa.

Na volta do intervalo, o Taubaté esboçou reação quando o sempre disposto atacante Chuck exigiu a primeira defesa difícil do goleiro Erivelton, aos 5 minutos. Depois, mesmo sem a contundência necessária, o empate quase veio aos 19 minutos. Uma cabeçada do volante Alan Mota pegou no travessão e saiu.

Para complicar de vez, o Taubaté deixou a defesa exposta e o Água Santa armou e finalizou um contra-ataque com outro gol de Anderson Bartola, aos 21 minutos.

Sem alternativa, os taubateanos ainda tentaram na base da vontade e com o desespero aumentando de acordo com os minutos jogados. No final, mais uma chance com bola trave e quase em terceiro gol visitante.

Os times

O Taubaté, do técnico Alexandre Ferreira, formou com: Célio Gabriel; Tinga, Éder, Luiz Matheus e Paulo Henrique (Wellington Carioca 38´/2º); Jean (Hugo 10´/2º), Alan Mota, Cléber e Léo Aquino; Chuck e Gabriel (Rocha 18´/2º).

O Água Santa, do técnico Jorginho: Erivelton; Genilson (Paulo Henrique – intervalo), Luizão, Serginho e Zeca; Matteus, Paulo Henrique, Romarinho (Danilo 44´/2º) e Luan Dias; Flávio Carioca e Anderson Bartola (Igor Honorato 27´/2º).

O árbitro foi Adriano de Assis Miranda, com os assistentes Maurício Helder Luiz Alexandrino e William Trufelli Malaquias. O quarto árbitro: Thiago Lourenço de Mattos.

Próximos jogos e classificação

Próximos jogos e classificação

O Taubaté voltará a jogar em casa na próxima sexta-feira, dia 28, recebendo a Portuguesa, às 20h. Antes, aguardará os resultados de outros seis concorrentes. Com a derrota, o time já perdeu o lugar na zona de classificação do Grupo 3, formada pelos quatro melhores colocados.

A quinta rodada prossegue no sábado, às 11h, com o Nacional recebendo o Santos B. No domingo, às 10h, a Portuguesa Santista terá a visita do Juventus. Depois, às 16h, a Portuguesa receberá o São Caetano.

A classificação do Grupo 3 ficou assim: 1º – Portuguesa (10 pontos em 4 jogos); 2º – Nacional (8 em 4); 3º – Água Santa (8 em 5); 4º) São Caetano (6 em 4); 5º – Taubaté (6 em 5); 6º – Juventus e Portuguesa Santista (2 em 4) e 8º – Santos-B (1 em 4).

Na foto (EC Taubaté/Divulgação), uma tentativa de ataque dos taubateanos na área do Água Santa.

Comments

comments