Taubaté Futsal perde a disputa pela semifinal

O Taubaté Futsal venceu a revanche contra o Grêmio Barueri, mas levou uma virada no final da prorrogação e perdeu a disputa por uma vaga nas semifinais da Liga Paulista, o estadual da modalidade.

Como vinha de derrota no jogo de ida, domingo passado, em Barueri, por 2 a 1, o Taubaté precisava vencer a revanche desta sexta-feira à noite e por qualquer contagem, já que o saldo de gols não seria critério para desempate. Empatando a série em três pontos para cada time, provocaria uma prorrogação de 10 minutos na qual teria a vantagem do empate por melhor campanha geral.

Contando com o apoio dos torcedores presentes no ginásio Vila Aparecida, mas sem o experiente Marcelo Paulista que sofreu uma contusão na coxa em Barueri, o Taubaté foi ataque. No primeiro tempo, não conseguiu tirar o 0 a 0 do placar, um resultado que classificaria os visitantes.

Na volta do intervalo, o Taubaté conseguiu surpreender o Barueri e com menos de um minutos abriu o placar. O artilheiro Chico Paulista marcou aos 56 segundos.

Explorando o bom momento, o time taubateano ficou ainda mais tranquilo com o segundo gol marcado no embalo, por Jojô, aos 2min19s.

O Barueri sentiu o golpe e quando o Taubaté fez o terceiro, aos 9min34s, com Rômulo, a partida ficou praticamente definida. E quase no final, aos 19min34s, o goleiro Pezão ampliou e veio a goleada de 4 a 0.

Na prorrogação de 10 minutos, o Taubaté soube explorar a exposição do Barueri e novamente teve uma abertura de placar com Chico Paulista, aos 2min39s. O Barueri, sem alternativa, apelou para um goleiro-linha e foi bem sucedido. O ala Fernandinho empatou quando faltavam dois minutos e 22 segundos, aos 7min48s.

O goleiro Pezão, depois de uma intervenção arrojada fora da área, chamou um incentivo ainda maior da torcida e teve resposta. No entanto, o Barueri foi competente para mais um gol de Fernandinho, aos 19min38. Consequentemente, o Taubaté ficou com apenas 22 segundos para um gol salvador e não conseguiu.

Os times

Os times

O Taubaté, do técnico Edilson Leite, começou com: Pezão, Jojô, Dieguinho, Vandinho e Chico Paulista. Entraram durante a partida: Rômulo, Nenê, Fabrício, Vitinho e Felipe. Permaneceram no banco: Vinícius e Gustavo.

O Barueri, do técnico Gustavo Passos, começou com: Schutt, Fabrício, Kaká, Juninho e Leandro. Entraram durante a partida: Bob, Fernandinho, André e Gabriel Cardoso.

O árbitro foi Edinelson Eugênio e o auxiliar, Marcos Patrocínio. A cronometrista Marina de Oliveira Navas Peixoto e o anotador Guilherme Borni completaram a equipe.

Fora da sequência da Liga Paulista, o Taubaté passa a esperar a Copa Paulista.

Na foto (TV LPF/Reprodução), o Barueri comemorando a classificação.

Comments

comments