Taubaté perde na visita ao líder São Caetano

O Taubaté foi até o ABC Paulista enfrentar o São Caetano, atual líder da Copa Paulista, e não conseguiu a vitória. Na tarde deste sábado, o Burro da Central encarou a melhor campanha do Grupo 3 da competição e saiu de campo superado por 3 a 0.

Fora de casa, o Alviazul criou boas oportunidades durante a partida, mas viu o adversário abrir os gols de vantagem. No fim, ainda exigiu boas defesas do goleiro Paes.

O Taubaté volta a campo na próxima quarta-feira, recebendo a Portuguesa Santista no Joaquinzão, às 20h.

O jogo

O Burro começou a partida em cima, pressionando o São Caetano e buscando oportunidades de gol. A defesa mandante errava passes, e o Alviazul pressionou para tentar marcar o primeiro gol da partida. O adversário, no entanto, foi quem marcou: primeiro com Daniel Costa, (aos 12 minutos) após bola recuperada no campo de ataque, e depois com Ermínio (aos 24), de pênalti.

O adversário também teve outras chances, mas o Taubaté voltou a pressionar em busca da igualdade. Com jogadas pelas laterais, o Burro assustou o goleiro Paes, que teve que fazer boa defesa em chute de Leo Aquino, e depois quando não alcançou batida cruzada de Chuck, que quase Rodrigo Soares conseguiu empurrar para a rede.

O São Caetano trocava passes, mas sem obrigar o goleiro Yuri a realizar defesas. Enquanto isso, o Taubaté tentava escapadas pelas laterais, especialmente com Jean e Rodrigo Soares, criando tabelas para tentar supreender a defesa mandante.

Em um lance de bola parada, o time da casa marcou mais um, com Ermínio (aos 26), que aproveitou sobra de cruzamento. Depois, foi o Burro que criou as melhores chances, e quase marcou em três ótimas oportunidades. Primeiro com o jovem Lucas Grossi, que recebeu passe e bateu cruzado: a bola desviou e passou tirando tinta da trave. Depois, Guilherme, de cabeça, e Jean, em cobrança de falta, exigiram boas defesas do goleiro Paes, já na reta final do confronto.

Os times

Os times

O Taubaté, do técnico Alexandre Ferreira: Yuri; Tinga (Gutierrez – intervalo), Luiz Matheus, Guilherme e Wellington Carioca (Elorhan 42´/2º); Cléber, Jean, Rodrigo Soares e Léo Aquino; Gabriel (Lucas Grossi 23´/2º) e Chuck.

O São Caetano, do técnico Luís Carlos Ferreira: Paes; Alex Reinaldo (Magrão 45´/2º), Sandoval (Magrão 21´/2º), Eduardo Luiz e Bruno Recife; Esley (Paulo Vinicius 12´/2º), Régis, Paulinho Santos e Daniel Costa; Ermínio e Carlão.

No estádio Anacleto Campanella, o árbitro foi Daniel Bernardes Serrano, com os assistentes Wellington Bragantim Caetano e Guilherme Holanda Moura Lima. O quarto árbitro: Pietro Dimitrof Stefanelli.

Na foto (de: EC Taubaté/Divulgação), uma tentativa do ataque taubateano em São Caetano do Sul.

Autoria: Material enviado pela assessoria de Imprensa do Taubaté.

Comments

comments