Manthiqueira sobe com uma grande virada

O Manthiqueira está festejando um inédito acesso à Série A-3 do Campeonato Paulista. Na tarde deste sábado e com cerca 5.000 torcedores no estádio Dario Rodrigues Leite, virou o placar fazendo 3 a 1 no União de Mogi das Cruzes. O empate parcial por 1 a 1 já era suficiente quando o atacante Pedrinho marcou um golaço aos 30 minutos do segundo tempo, valorizando a vitória histórica. Agora, ainda virá uma decisão do título contra o vencedor da outra semifinal.

Como substitutos do zagueiro Léo Turbo e do volante Léo Costa, suspensos por terceiro cartão amarelo, foram confirmados Victor Clamente e Alex Kleber no Manthiqueira. O União, sem desfalques, repetiu a escalação. Depois do 0 a 0 do jogo de ida, em Mogi das Cruzes, o time de Guaratinguetá tinha a vantagem de um novo empate, por melhor campanha

Logo no primeiro minuto de movimentação, o placar quase foi aberto pelo Manthiqueira. No ataque, o lateral esquerdo Pit passou por dois marcadores e cruzou. Fechando mais pela segunda trave, o atacante Lucas Lima chegou antes e cabeceou para baixo. A bola quicou, subiu batendo no travessão e saiu quase entrando no ângulo esquerdo. Foi o lance mais agudo do Manthiqueira no primeiro tempo.

O União, aos 24, deu um susto na torcida, mas a arbitragem já havia marcado uma irregularidade após uma falta levantada da direita e com uma cabeçada terminando na rede.

No último lance do primeiro tempo, o Manthiqueira levou um contra-ataque pelo meio e o União abriu a contagem. Felipe Pinguim embalou, deixou o marcador no caminho e da meia direita mandou um chute cruzado e rasteiro no canto direito.

Em desvantagem, o técnico Luís Felipe Domingos aproveitou o intervalo para a primeira substituição no Manthiqueira.  Lucas Xandão saiu pelo meio-campista Dener.

A virada

Instigado, o Manthiqueira reagiu positivamente no segundo tempo. Aos 5, em jogada que lembrou o gol do União, veio o empate. Finalizando um descida por dentro, Lucas Lima puxou para a meia direita e chutou rasteiro, no canto direito.

Mesmo tendo empate com um resultado favorável, o Manthiqueira tratou de evitar novos riscos. Controlando as ações, virou o placar com um golaço de Pedrinho, aos 30 minutos. O atacante partiu a dribles em uma arrancada pelo meio. Deixou dois adversários no caminho e ainda deu uma volta no goleiro antes de concluir com calma e categoria.

Sem alternativa, o União abriu o time para tentar criar um volume de jogo ofensivo e ficou exposto. O lateral-direito Guilherme Cururu, com inteligência, projetou-se no tempo certo e recebeu livre na área. Aos 36, de frente com o goleiro, esperou o momento certo para chutar no canto esquerdo.

A principal festa começou e ainda poderá terminar com o título do campeonato. O adversário surgirá neste domingo,  na outra semifinal, as 15h. O Esporte Clube São Bernardo receberá o Osasco Futebol Clube e depois de ter vencido na casa do adversário por 3 a 0.

O Manthiqueira, por ter somado os três pontos do jogo deste sábado, sustentou a melhor campanha entre os semifinalistas. Assim, nas finais, terá o direito do segundo jogo em casa, novamente diante da torcida.

As equipes

As equipes

O Manthiqueira, do técnico Luís Felipe Domingos: Adalberto; Guilherme Cururu, Felipe Gomes, Victor Clemente e Luciano Pit; Lucas Xandão (Dener – intervalo), Vitor Ono, Alex Kleber e Lucas Lima; Lucas Batata (Fábio 21´/2º) e Pedrinho (Igor 44´/2º).

O União de Mogi das Cruzes, do técnico Cláudio Matosinhos: Vitor; Talisca, Anderson Bandeira e David (Émerson 29´/2º); Etto, Vam Baster (Kaíque 35´/2º), Luiz Carlos (Kauan 20´/2º), Felipe Pinguim e William; Álvaro e Ninão.

O árbitro foi Thiago Luis Scarascati, com os assistentes Fábio Rogério Baesteiro e Gustavo Rodrigues de Oliveira. O quarto árbitro: Rodrigo Batista da Silva.

Na foto (de Leandro Oliveira/AD Manrhiqueira), Pedrinho está fazendo o golaço que virou o placar.

Comments

comments