Manthiqueira empata fora e fica perto do título

O Manthiqueira de Guaratinguetá ficou mais próximo do título do Campeonato Paulista da Segunda (4ª) Divisão. Nas finais festivas contra o Esporte Clube São Bernardo, porque os dois times já subiram à Série A-3, foi buscar um empate no jogo de ida, na tarde deste sábado, por 1 a 1, em São Bernardo do Campo. Agora, na partida de volta e diante da torcida, um novo empate já será suficiente.

Como previsto, o zagueiro Léo Turbo e o volante Léo Costa voltaram no Manthiqueira após suspensão por terceiro cartão amarelo. O zagueiro Victor Clemente e o volante Lucas Xandão devolveram as respectivas posições. O São Bernardo contou com a volta do volante Tuan, após suspensão, recolocando Allan Lopes no banco de reservas.

No gramado sintético do Baetão, o Manthiqueira começou demonstrando que não ficaria na defesa. No entanto, com a retaguarda exposta, quase levou um gol com menos de três minutos. O lateral esquerdo Rômulo cruzou, Felipinho ajeitou e o atacante Pedro Hulk, livre com o goleiro, cabeceou no canto direito. Adalberto fez mais uma das suas inúmeras grandes defesas no campeonatos.

Trocando passes e buscando as laterais do campo, o São Bernardo abriu o placar. Aos 12, em mais um levantamento de Rômulo, Eric Mamer escorou de cabeça e o meia João Melo, livre na entrada da pequena área, finalizou com o goleiro já batido ao ser deslocado pelo cruzamento.

O São Bernardo se acomodou um pouco depois do gol e o Manthiqueira esboçou reação. Aos 16 minutos, em um escanteio cobrado da esquerda, a bola foi no braço de um jogador do time da casa e houve reclamações de pênalti não marcado.

O time de Guaratinguetá ajustou a marcação e teve uma boa chance, aos 32, quando um chute frontal de Lucas Lima desviou no zagueiro Raphael e saiu a escanteio. No entanto, foi depois do intervalo que o rendimento da equipe de Guaratinguetá passou a merecer um resultado melhor.

Aos 19, Léo Costa roubou uma bola, avançou e chutou de longe, com o goleiro defendendo a escanteio. Na cobrança da esquerda, um desvio de cabeça foi na trave direita. E Léo Costa, ao pegar a sobra na pequena área, desperdiçou uma ótima chance. Em mandou pelo alto, para tirar do goleiro que ainda estava caído e a bola tocou no travessão e saiu.

O lance acordou o São Bernardo, que buscando uma vantagem maior na condição de mandante, deixou o jogo aberto e com descidas alternadas. Aos 37 minutos, o Manthiqueira empatou em um escanteio cobrado da direita. Luciano Pit levantou na entrada da pequena área e Léo Costa, com uma cabeçada desviada em diagonal para trás, acertou o canto direito deixando o goleiro sem tempo de ração.

No estádio Baetão, o público e renda inicialmente divulgados foram corrigidos depois (1.951 pagantes e renda de R$ 9.757,00). Agora, no próximo sábado, dia 23, às 15h, a torcida de Guaratinguetá deverá comparecer em uma quantidade bem maior. O Manthiqueira, com melhor campanha, terá a vantagem de um novo empate para comemorar o título.

Os times

O Manthiqueira, do técnico Luís Felipe Domingos: Adalberto; Guilherme Cururu, Léo Turbo, Felipe Gomes e Luciano Pit; Léo Costa, Vitor Ono e Alex Kleber (Victor Clemente 33´/2º); Lucas Batata (Dener 10´/2º), Lucas Lima (Lucas Xandão 45´/2º) e Pedrinho.

O São Bernardo, do técnico Ricardo Costa: Kaíque; Dênis, Raphael, Allan Baiano e Rômulo; Tauã (Alan Lopes 38´/2º), Lucas Gomes (Nelsinho 23´/2º) e João Melo; Felipinho, Pedro Hulk (Bessa 25´/2º) e Eric Mamer.

O árbitro foi Kleber Canto dos Santos, com os assistentes Mauro André de Freitas e Bruno Salgado Rizo. O quarto árbitro: Anderson Faustino Cordeiro.

Na foto (TV FPF/Reprodução), o Manthiqueira marcando um ataque do São Bernardo.

Comments

comments