Jacareí festeja o seu primeiro campeão nacional

A festa continua para o Jacareí Rugby, o primeiro time da cidade a conquistar o principal título nacional da sua modalidade coletiva. O novo campeão do Brasileiro chegou de Santa Catarina na manhã desta segunda-feira, desfilou em caminhão pela cidade, ouviu uma bateria de fogos e depois recebeu os cumprimentos dos torcedores que assistiram ao jogo histórico de domingo pela televisão, ou em pontos de encontro com telões.

Além do título, que já seria motivo para a maior de todas as festas nos quatro anos de existência do time, integrantes da comissão técnica e jogadores comemoram os efeitos da conquista. A proposta inicial de divulgar a modalidade e atrair praticantes está ainda mais fortalecida. O time principal conta com alguns jogadores formados e promovidos nas categorias de base. E atrai uma torcida cada vez maior quando atua no Campo do Balneário, a casa do rugby jacareiense.

No domingo, quando o Jacareí Rugby esteve em um campo neutro de Blumenau para disputar a decisão do Super 8 contra o gaúcho Farrapos, foi a segunda vez que um time jacareiense participou de uma final de Brasileiro. E nada menos que 43 anos depois da anterior, no basquete.

Em 1973, o Trianon Clube tinha um grande time masculino, de duas temporadas seguidas sendo vice-campeão paulista. A equipe de Ubiratan Maciel, Edvar Simões, Joia, Pedro Yves, Waltão, Josildo e outros ganhou qualificação para ir a Goiás e disputar a Taça Brasil, o principal campeonato nacional da época.

Deixando para trás concorrentes poderosos como Palmeiras, Sírio, Fluminense (RJ), Arapongas (PR) e Jaó (GO), o Trianon disputou a final contra o time da casa, o Vila Nova de Goiânia. Na oportunidade, o armador Fausto, que depois foi várias vezes convocado para a Seleção Brasileira, teve uma atuação das mais inspiradas e desequilibrou a partida. Os jacareienses ainda tentaram uma reação nos últimos minutos, mas não conseguiram evitar a derrota.

Agora, depois de mais de quatro década, vem do rugby o primeiro grande título nacional conquistado por uma equipe de Jacareí. E mesmo com a modalidade sem a dimensão do interesse público pelo basquete, a galeria dos conquistadores é das mais respeitáveis.

O 13º da galeria

O 13º da galeria

O Jacareí é o 13º time da lista de campeões do Brasil no rugby, depois de 53 campeonatos disputados desde 1964. O SPAC, da Capital, foi o primeiro campeão e tem o maior número de títulos conquistados, somando 13. O São Paulo Barbarians surgiu em 1970 e também foi campeão em 71. A Fupe ganhou o seu campeonato em 72 e a Medicina, de duas conquistas, surgiu em 73.

O Niterói, do Rio de Janeiro, ganhou pela primeira vez em 79 e depois festejou mais cinco conquistas. A Alphaville chegou em 80 e foi sete vezes campeão. Em 87, o tradicional Pasteur levantou a taça em uma das suas duas festas. No ano seguinte, em 88, apareceu o Bandeirantes que depois totalizou quatro campeonatos vencidos.

O Rio Branco, também de quatro conquistas, entrou na galeria em 93. O catarinense Desterro veio em 96 e festejou o primeiro dos seus três títulos.

Em 2002 começou o domínio do São José, o segundo maior conquistador da história, com nove títulos (02, 03, 04, 07, 08, 10, 11, 12 e 15). Depois de um dos títulos do SPAC, em 2013, o Curitiba foi o novo campeão, em 2014. E após o nono título joseense, o de 2015, o Curitiba voltou a ser campeão, em 2016.

O Jacareí entrou no circuito nacional em 2015 e já conquistando o acesso à divisão de elite. Em 2016, na primeira participação entre os grandes, não conseguiu a sustentação necessária e acabou rebaixado. No ano passado, ganhou novamente a divisão de acesso e nesta temporada, antes de vir a ser o novo campeão do Brasil, participou de uma inédita final do Paulista e terminou como vice.

Na foto (de Ícaro Leal/Valendo Esportes), o campeão Jacareí Rugby desfilando pelas ruas da cidade.

Comments

comments