Taubaté abre decisão com vitória em casa

O Taubaté Vôlei fez valer o seu favoritismo e no primeiro jogo das finais do Paulista, na noite desta quarta-feira, recebeu o Corinthians e venceu por 3 a 1 no ginásio do Abaeté. Sábado, na partida de volta, às 21h,  em Guarulhos, terá duas chances para comemorar o tetracampeonato. Poderá vencer no tempo normal, ou perder e depois ganhar no golden set de desempate.

O Corinthians conseguiu encarar o Taubaté na metade inicial do primeiro set, empatando por 12-12. E quando ficou na frente em um 18-16, o técnico Daniel Castellani pediu tempo para orientar os taubateanos. Deu certo e após uma virada para 19-18, veio um 23-20 e o placar final de 25-21, em 25 minutos.

O segundo set vinha em condições parecidas e com o Corinthians chegando a estar na frente em um 15-14. Novamente reagindo e fazendo valer a qualidade dos seus principais jogadores, o Taubaté reagiu, virou e depois de um 19-17, ampliou em um 23-18 e antes do placar final de 25-19, em pouco mais de 24 minutos.

O Taubaté começou mal no terceiro set. Errando passes e falhando na defesa, viu o Corinthians abrir uma vantagem de 7-1. Com uma recuperação gradativa e constante, os taubateanos foram buscar um empate de 19-19, prolongado até um 22-22. , No entanto, os corintianos reagiram bem e fecharam o set vencendo por 25-23, em 30 minutos.

Instigado, o Taubaté não precisou de muito tempo para desequilibrar o terceiro set, principalmente com as intervenções de Lucarelli. Ao abrir um 13-7, o time taubateano tratou de progredir nas suas ações em um 19-17. E para arredondar e acabar com o jogo, um 25-16.

Os times

Os times

O Taubaté, do técnico Daniel Castellani, voltou a entrar com: Rapha, Sebastián Solé, Dante, Lucarelli, Otávio, Wallace e o líbero Thales.

O Corinthians, do técnico Alexandre Stanzioni: Rogério Mineiro, Rodrigo Ribeiro, Luizinho Sene, Rivaldo, Fábio, Riad e o líbero Serginho.

O árbitro principal foi André Luís Silva e Costa, com o assistente Carlos Valderrama.

Na foto (de Rafinha Oliveira/EMS Taubaté Funvic), Lucarelli atacando um bloqueio duplo  do Corinthians.

Comments

comments