Taubaté Vôlei fica sem o título da Supercopa

O Taubaté Vôlei encarou o Cruzeiro no jogo que valia o título da Supercopa, mas não o suficiente para evitar a festa de tricampeão do time mineiro. Na noite desta quarta-feira, os taubateanos venceram o primeiro set, mas o adversário virou para 3 a 1. Agora, no sábado, ambos estreiam na Superliga 2017/2018.

Campeão da Copa do Brasil do ano passado, o Taubaté enfrentou o Cruzeiro, o campeão da Superliga. O  jogo único, no Centro de Formação Olímpica de Fortaleza, não chegou a atrair o público esperado, mas certamente foi acompanhado por muitos na transmissão da Sportv 2.

O Taubaté começou a partida com um jogo bem coordenado e de qualidade. Foi acumulando empates até fazer um 21-20. E depois de um 25-25, venceu por 27-25.

O Cruzeiro reagiu no segundo set. Abrindo uma vantagem de 9-5 tentou deslanchar, mas o Taubaté não deixou. No final, depois de um 23-21, o time mineiro fechou a parcial em um 25-22.

O terceiro set começou com o Cruzeiro na frente, mas o Taubaté ficou colado até um 11-11. Depois, com Simón no saque, o time mineiro deslanchou em um 17-11. Os taubateanos sentiram as dificuldades e o adversário passou para um 20-12. No final, com 25-20, virou o placar da partida para 2 a 1.

Forte no saque e confiante, o Cruzeiro manteve o controle das ações na metade do quarto set. Com um 11-7 levou o técnico taubateano Daniel Castellani e pedir tempo para ajustes no time. Melhorando, o Taubaté encostou em parciais de 13-14 e 16-17.

Novamente com Simón sacando, o Cruzeiro fez um 20-17. O Taubaté reagiu e encostou em um 19-20. No entanto, o time mineiro novamente foi melhor nas ações finais e ganhou com um 25-22, fechando o jogo.

Equipes e Superliga

Equipes e Superliga

O Taubaté, do técnico Daniel Castellani, entrou com: Rapha, Solé, Lucarelli, Dante, Otávio, Wallace e o líbero Thales. Começaram na reserva: Ruiz, o sérvio Marko Ivovic, Paulo Renan, Renan, Madalóz e o líbero Matheus.

O Cruzeiro, do técnico Marcelo Mendez, entrou com: Uriarte, Símon, Filipe, Leal, Isac, Evandro e o líbero Serginho. Começaram no banco: Pablo, Alemão, Eder Levi, Robert, Lucas, Rodriguinho e Cachopa.

A delegação taubateana viaja direto de Fortaleza ao Rio de Janeiro, onde no sábado vai estrear em mais uma Superliga, às 14h, no ginásio do Tijuca e contra o SERC-RJ. Também no sábado, a estreia do Cruzeiro será em São Paulo, às 19h, contra o Corinthians, no ginásio do Parque São Jorge.

Na foto (de Rafinha Oliveira/EMS Taubaté Funvic), Lucarelli, Solé e Rapha bloqueiam Leal.

Comments

comments