Taubaté Vôlei faz 3 a 0 em concorrente embalado

O Taubaté Vôlei deu mais uma demonstração de força e segue na vice-liderança da Superliga. Nesta sábado à noite, recebendo o respeitável concorrente Minas no ginásio do Abaeté, não deu chances ao adversário e venceu por 3 a 0. Foi a sexta vitória consecutiva depois de uma estreia com derrota.

Depois de ter poupado titulares e colocado reservas para adquirir ritmo nas partidas mais recentes, o técnico Daniel Castellani voltou com a formação titular. E mesmo sem os 100% de recuperação física, Lucarelli, Otávio e Ivovic foram importantes para o rendimento coletivo.

O Minas, embalado por uma vitória sobre o Sesi, sentiu a força do Taubaté ainda no primeiro set. Com vantagens de 7-3 e 14-10, o time da casa foi apresentando suas credenciais. E quando fez um 18-12, passou por um 21-15 até fechar com o placar de 25/21.

Sentindo que estava preparado para uma vitória, o Taubaté pouco se incomodou com a reação que os mineiros esboçaram no segundo set, em um 11-11. Aos poucos, os taubateanos foram criando vantagens interessantes de 18-15, 21-17 e 23-18. No final, 25/20.

Como previsto, o Minas colocou todas as suas forças para tentar evitar um 3 a 0. Deu trabalho em alguns momentos do terceiro set, mas nada que pudesse desestabilizar o Taubaté. No final, 25/22 para o time da casa, que novamente deixou os seus torcedores satisfeitos.

“Sempre existe algo que pode ser melhorado. Mas, estamos em um bom caminho”, disse o taubateano Wallace, eleito o melhor do jogo pela torcida e recebendo o troféu Viva Vôlei.

Com o resultado, o Taubaté manteve a vice-liderança isolada da Superliga, somando 17 pontos em sete partidas. O líder Cruzeiro tem 21 pontos em oito jogos.

A próxima partida dos taubateanos será no dia 19, um domingo, em Minas Gerais, contra o Montes Claros, às 15h. O reencontro com a torcida virá no dia 25, recebendo o Campinas.

Os times

Os times

O Taubaté, do técnico Daniel Castellani, entrou com: Rapha, Solé, Lucarelli, Dante, Otávio, Wallace e o líbero Thales. Começaram no banco: Ivovic, Ruiz, Nícolas, Renan, Madaloz, Paulo Renan e o líbero Matheus.

O Minas, do técnico Nery Tambeiro, entrou com: Marlon, Felipe Roque, Bisset, Bob Devoraren, Flávio, Petrus e o líbero Rogerinho. Começaram no banco: Davy, Carísio, Honorato, Quintana, Vanole e o líbero Mainque.

A dupla de arbitragem: Jediel de Carvalho e Mauro Pereira dos Santos.

Na foto (de Rafinha Oliveira/EMS Taubaté Funvic), Solé e Lucarelli bloqueiam Davy.

 

Comments

comments