Vila São Geraldo abre vantagem em Taubaté

O Vila São Geraldo virou o placar sobre o União Operária e ficou em vantagem na decisão do principal campeonato de futebol amador de Taubaté. O resultado de 2 a 1 surgiu na manhã deste domingo, no Joaquinzão, também local da segunda e última partida das finais da Primeira Divisão, domingo que vem.

O União Operária começou melhor e dominou as ações no primeiro tempo. Aos 26 minutos, abriu o placar quando o goleador Ângelo acertou um chute da entrada da área, pelo alto, quase no ângulo. Dois minutos antes, o lateral esquerdo Macuco já havia mandado um disparo na trave.

O Vila São Geraldo sentia a falta do meia Vagner, poupado por contusão. Sem criatividade, quase empatou em um levantamento na área. Aos 43, a cabeçada do zagueiro João Batista pegou na trave.

No intervalo, o técnico Juninho Costela, do Vila São Geraldo, fez uma substituição que interferiu no andamento da partida. O volante Fião entrou no lugar do meia Randy e o avanço do volante Serginho começou a gerar ações ofensivas interessantes. Logo aos 5 minutos, Serginho tabelou com Mascherano e definiu com categoria, empatando a partida.

O União Operária sentiu a reação do adversário e o Vila São Geraldo aproveitou o bom momento para virar o placar. Aos 37, uma erro da defesa terminou com a bola chegando na medida para Maicol cabecear.

Instigado, o União Operária tentou um resultado menos ruim e quase conseguiu a igualdade no último lance do jogo. Aos 49, Ângelo mandou uma cabeçada que tocou na trave e saiu.

Agora, no jogo de volta, o Vila São Geraldo terá a vantagem do empate. O União Operária precisará de uma vitória por dois gols de diferença. Ou então, vencer por um gol de vantagem e provocar decisão por pênaltis. A partida também será no estádio Joaquim de Morais Filho, cedido pelo Esporte Clube Taubaté.

Os times

Os times

O Vila São Geraldo, do técnico Juninho Costela, atuou com: Dida; Lucão, João Batista, Gu Negão e Leandro Bugio (Vinícius, 18´/2º); Tiago Urtiga, Mascherano (Andrezinho 11´/2º), Serginho e Randy (Fião – intervalo); Maicol (Ronaldo 48´/2º) e Ceará (Renatão 28´/2º).

O União Operária, do técnico Juninho Boneca: William; He-Man, Levéio, Edinho e Mancuso; Mineiro (Til 22´/2º), Lucas Paraguaio. Lucas Mian e Matheus (Marcos 41´/2º); Miguelzinho (Igor 25´/2º) e Ângelo.

O árbitro foi Cleiton Moreira da Silva, com os assistentes Leandra Ayres Cossete e Robson da Costa. O quarto árbitro André Luís Martins e o representante João Otávio Carneiro completaram a equipe.

Na foto (de Bruno Lemes/Cortesia), Macuco cobrando um arremesso lateral para o União Operária.

Comments

comments