Taubaté Vôlei foi buscar os três pontos

O Taubaté Vôlei precisava dos três pontos do jogo deste sábado à noite em Guarulhos para continuar bem posicionado na Superliga. E sem as oscilações que vinham atrapalhando, fez 3 a 0 no Corinthians, com parciais e 25/17, 25/23 e 25/22.

Com o resultado, o Taubaté passou a ter 25 pontos em 11 partidas, na terceira colocação e atrás do vice-líder Sesc-Rio, de 28 pontos em 10 jogos. O líder Cruzeiro tem 30 em 11 e o perseguidor mais próximo, o Sesi-São Paulo, é o quarto com 16 em 9.

No ginásio Ponte Grande, o Taubaté começou arrasador. Sacando com variações, abriu um 7-0 e passou a administrar a vantagem. Depois de 9-3, 15-9 e 21-16, fechou o set fazendo 25/17 em 23 minutos.

Alertado para os riscos de um começo de set sem a devida atenção, o Corinthians reagiu no segundo. E com o apoio da torcida, chegou a virar o placar para um 16-12. No entanto, com tranquilidade e confiança, os taubateanos deixaram a vitória bem encaminhada em um 23-21. E com um ataque cruzado de Wallace, fizeram 25/23 em 28 minutos e 56 segundos.

Pressionado e sem conseguir escapar das ações do adversário, o Corinthians acabou sufocado pelo Taubaté no terceiro set. Wallace, que foi eleito o melhor em quadra e conquistou o Troféu Viva Vôlei, continuou desequilibrando e as vantagens parciais foram sucessivas até um 25/22.

Como a partida da 11ª rodada, contra o Cruzeiro, foi antecipada e vencida em casa por 3 a 2, o Taubaté voltará à quadra somente na abertura do returno. No dia 21, uma quinta-feira, receberá o Sesc-Rio.

As equipes

As equipes

O Taubaté, do técnico Daniel Castellani, entrou com: Rapha, Solé, Ivovic, Dante, Otávio, Wallace e o líbero Thales. Começaram no banco: Ruiz, Renan, Paulo Renan, Lucas Madaloz, Nícolas, Rafael e o líbero Matheus.

O Corinthians, do técnico Alexandre Stanzioni, entrou com: Rodrigo, Sidão, Mineiro, Fábio, Luizinho, Rivaldo e o líbero Serginho. Começaram no banco: Gabriel Gomes, Alan, Ceará, Cesinha, Riad, Gabriel Cândido e o líbero Felipe.

A dupla de arbitragem: André Luiz Costa e Carlos Sozzo Valderrama.

Na foto (de Rafinha Oliveira/EMS Taubaté Funvic), Dante ataca um bloqueio duplo do Corinthians.

Comments

comments